milenium
ESCRITUS
conexus
Marcelo
ECOBahia
Telma
Energia Eólica

Complexo eólico vai ser construído em Araci, Tucano e Biritinga, com investimento de R$ 1,3 bi

Profissional que atuar na área de montagem e manutenção, poderá receber salários de até 6 mil por mês

07/11/2020 13h20
Por: Redação
Foto: Divulgação/Grupo Aprendiz
Foto: Divulgação/Grupo Aprendiz

A estimativa é de que seja gerada cerca de 322 Megawatts de energia eólica através do complexo que vai ser construído pela AES Tietê Energia S.A., empresa paulista que está trazendo para a região sisaleira da Bahia, o primeiro desse porte e que será instalado nos municípios de Tucano, Araci e Biritinga. De acordo com a empresa, o parque terá as maiores turbinas já instaladas no País em potência e tamanho. 

As obras da primeira fase estão previstas para que sejam iniciadas após parecer do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e emissão das licenças ambientais emitidas pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). 

“Saber que passaremos a produzir energia a partir da fonte eólica onde até então nem poderíamos imaginar que seria possível, é uma grata surpresa”, afirmou o vice-governador e Secretário de Desenvolvimento Econômico, João Leão. De acordo com o Informe de Energia Eólica da SDE, a Bahia liderou nacionalmente, com 32,4%, a geração de energia eólica no primeiro semestre de 2020. 

De acordo com dados da Secretaria de Desenvolvimento Estadual (SED), atualmente, a Bahia tem 54 parques eólicos em construção e outros 70 com obras prestes a serem iniciadas. A previsão é que, juntos, possam injetar R$ 13,2 bilhões em investimentos no estado e gerem 53,2 mil empregos diretos e indiretos. 

Oportunidades 

Após a instalação do complexo, a oferta de energia eólica vai aumentar e isso vai trazer muitos benefícios para a região, principalmente com as oportunidades de emprego para profissionais que montem e façam a manutenção das placas de captação de energia e do sistema, e também para os clientes que adquirirem o sistema em residências e comércios. 

O profissional que atuar nessa área de montagem e manutenção pode ter salários que chega a 6 mil reais. “Após firmarmos parceria com o CDL de Araci, e também contando com o apoio do município, trazemos um curso totalmente preparado para quem pretende ingressar nessa profissão”, explica o diretor administrativo do Grupo Aprendiz, que está trazendo para Araci e região, a oportunidade de cursos de montagem e manutenção de placa solar e torre eólica com aulas teóricas e práticas 

O curso, voltado para homens e mulheres, tem vagas limitadas. Os interessados podem fazer as inscrições das 08h às 17h, de segunda a sexta, no CTP (Praça da Juventude, na Rua Sete de Setembro – Centro), em Araci. Outras informações podem ser obtidas através do telefone (74) 9 9927-3823 (whatsapp). 

“Temos a experiência de uma empresa consolidada no mercado, com todas as licenças exigidas pelo Ministério do Trabalho, além de termos parcerias com empresas que atuam no mercado, e com isso, podemos fazer o encaminhamento dos alunos para contratação, e temos um índice de cerca de 70% de resultados positivos”, contou Celso Diniz, do Grupo Aprendiz. 

Energia Solar 

O estado também é líder na produção de energia solar. O território baiano tem 31 empreendimentos em funcionamento, nos quais foram aplicados R$ 4 bilhões por empresas do setor nos últimos oito anos. 

De acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), de janeiro até maio, os parques instalados em oito municípios produziram 718.247,04 MWh. O dado representa 30,9% da produção brasileira e teria capacidade de atendimento para cerca de 880 mil residências.

conexxus_300x600_lateral
anuncie aqui
Municípios
Ver Planos
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
Anúncio
Anúncio